BOLETIM ELETRÔNICO

Cadastre aqui o seu e-mail e receba o nosso Boletim Eletrônico com todas as informações e notícias atualizadas, referentes às ações da Secretaria Executiva de Ação Social da Igreja Metodista na 1ª Região e Pastorais Sociais.

Escreva seu e-mail aqui:

Delivered by FeedBurner

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Ação Social: Campanha de recolhimento de óleo de cozinha usado

Campanha para recolhimento de óleo de cozinha usado em nossas Igrejas Locais




Somos chamados a Cuidar da criação como um ato de obediência a Deus:
Tomou, pois, o SENHOR Deus ao homem e o colocou no jardim do Éden para o cultivar e o guardar”. (Livro de Gêneses capítulo 2, verso 15)
Por ser menos denso que a água, o óleo de cozinha flutua sobre ela formando uma película superficial, provocando:
  • Retenção de sólidos;
  • Quando descartado em pias, ralos e vasos sanitários causa entupimento das tubulações causando refluxo (retorno) do esgoto
  • Encarecimento do custo do sistema de tratamento dos resíduos em 45%.
Nos arroios e rios, a película formada pelo óleo de cozinha dificulta a troca de gases entre a água e a atmosfera, podendo provocar:

  • Impedimento da troca de gases e transpiração dos vegetais e vedação dos órgãos respiratórios dos animais;
  • Impermeabilização das raízes de plantas;
  • Ação tóxica para os seres aquáticos.
Se derramado no solo, o óleo de cozinha pode impermeabilizá- lo contribuindo com enchentes e alagamentos; destruindo a cobertura vegetal; deixando o solo infértil;
Além da poluição na superfície, dependendo da permeabilidade do solo, atinge o lençol freático e ainda aqüíferos. Contaminando assim as reservas subterrâneas de água.
Sabendo do enorme potencial que temos se decididos a contribuir para a preservação de nosso planeta e entendendo que isso é uma ordenança do Senhor que nos instituiu comomordomos do planetaestamos viabilizando uma parceria com uma empresa que recolherá óleo de cozinha usado em nossas Igrejas locais localizadas na região metropolitana e serrana (Município de Nova Friburgo) do Estado do Rio de Janeiro.
As Igrejas que participarem desta campanha funcionaram como pólos de recolhimento de óleo de cozinha usado de seus membros e da comunidade no entorno.
Para cada litro de óleo usado a empresa pagará (como forma de incentivo ao recolhimento) o valor de 40 (se recolher menos de 100 litros) ou 50 centavos (se o recolhimento for superior a 100 litros) para a Igreja local.

  • O primeiro polo de Recolhimento cadastrado é a Igreja Metodista Central de Duque de Caxias. Porém, a idéia é que cada Igreja que tenha interesse funcione como um polo de arrecadação. 
  • Adicionaremos aqui novas informações sobre esta campanha.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...